Sexta-feira, 30 de Janeiro de 2009

Little Joy

.

publicado pela batukada às 14:47
link do post | comentar | ver comentários (1)

Little joy

.

publicado pela batukada às 11:15
link do post | comentar | ver comentários (4)
Quinta-feira, 29 de Janeiro de 2009

Little Joy

 

.

publicado pela batukada às 17:59
link do post | comentar | ver comentários (6)

Onde posso, afinal, encontrar os melhores croissants de chocolate da cidade?

.

É a minha pergunta para o dia de hoje. Não se aceita a Benard, dadas as novas conclusões avançadas pela Time Out. Pessoa eternamente agradecida, desde já.

publicado pela batukada às 15:22
link do post | comentar | ver comentários (15)
Quarta-feira, 28 de Janeiro de 2009

O meu pai sobre Vicky Cristina Barcelona

.

(a gritar da cozinha)

 

– Sim, sim! São coisas que podem realmente acontecer.

 

....

publicado pela batukada às 15:53
link do post | comentar | ver comentários (3)

A minha mãe sobre Vicky Cristina Barcelona

.

– Olhei, gostei mesmo muito. São coisas que podem realmente acontecer, percebes?

 

 

publicado pela batukada às 13:00
link do post | comentar | ver comentários (1)
Terça-feira, 27 de Janeiro de 2009

Este ano faço trinta anos V

.

Que cena, men.

publicado pela batukada às 18:40
link do post | comentar | ver comentários (7)

Este ano faço trinta anos IV

.

E acho que já está mais do que na altura de seguir os conselhos de Uma Mulher Ideal. Talvez, digo eu.

publicado pela batukada às 18:32
link do post | comentar

Este ano faço trinta anos III

.

E a última vez que fiz uma grande grande grande festa de aniversário foi aos vinte. Há dez anos. Na altura, sofria aquele que viria a ser o maior (melhor) desgosto de amor da minha vida e ouvia, em repeat, o Fear of Fours. E um desenho para esta situação, Helena, é possível encomendar?

publicado pela batukada às 18:24
link do post | comentar | ver comentários (2)

Este ano faço trinta anos II

.

O ano em que vi pela primeira vez vacas a pastarem na Praça de Espanha.

publicado pela batukada às 18:20
link do post | comentar

Este ano faço trinta anos

.

O ano em que descobri que o Carlos Paião morreu um dia depois de deflagrar o incêndio no Chiado.

publicado pela batukada às 18:18
link do post | comentar
Segunda-feira, 19 de Janeiro de 2009

João Aguardela (1969-2009)

.

 

Este ano faço trinta anos. Trinta anos. Cerca de muitos destes anos foram felizmente marcados pela música do Aguardela. Em pessoa e em CD. Viva. Viva mesmo o João Aguardela, que morreu ontem, e que tantas boas músicas e boas recordações nos deixa.

 

publicado pela batukada às 12:07
link do post | comentar | ver comentários (4)
Sexta-feira, 16 de Janeiro de 2009

Pela manhã, sinto a vontade de cantar; acordo a voz, agarro a música no ar.

.

Mas em cada música não há magia, Dina. Por exemplo, a música que paira na situação "metropolitano". Realmente, a minha incursão por este meio de transporte tem, com efeito, aberto novos horizontes à minha vida. Nomeadamente o da confirmação de que este povo é estranho. Estranho. Eu acreditava em tudo o MEC dizia, e diz, de bom acerca dos tugas (aliás, palavra de MEC para mim é Palavra) – da gente, no fundo –, mas creio que não vai haver mais crónica nenhuma que me valha. Experimentem viajar de metro. Experimentem. Depois digam-me.

 

Ora, depois da saga dos velhos a cairem-me em cima (que culminou numa catarse trágica total, diga-se), chegou-me às mãos a saga dos que chegam à estação terminal a dormir e não acordam e que são ignorados por toda a gente menos por mim, caso contrário iam parar ao reino maquiavélico dos caboucos onde os metros vão descansar depois de fazerem a última estação. Aí, os adormecedores seriam, provavelmente, devorados pelas mães dos metros que ali estão à espera de seus filhos para lhes darem de comer, para os adormecerem e retirar os chapéus de chuva e os Destaks que lhes deixam dentro do estômago. 

 

O problema não são as pessoas que adormecem, coitadas, e que chegadas à estação terminal não acordam. O problema é, obviamente, o mundo, em geral,  e tudo, em concreto. Mentira, também não sou assim tão avessa a pessoas. Mas o problema é que ninguém –ninguém – nin-guém – à excepção, obviamente, desta excelentemente boa pessoa que agora vos escreve (e talvez de outras boas almas, como é o caso do leitor, claro, mas com quem ainda não tive o prazer de me cruzar), se digna a dar um toque que seja no braço do adormecido a fim de o acordar e de o ajudar a descer no destino certo. As pessoas ignoram o facto. Ignoram. Já tive, inclusivamente, de aplicar duas ténicas de acordanço em duas pessoas distintas. O que nos leva também à triste realidade de que: ninguém acorda da mesma maneira.

 

Pá, não se aguenta.

 

publicado pela batukada às 10:50
link do post | comentar | ver comentários (7)
Quarta-feira, 14 de Janeiro de 2009

Por um país sem palminhas...

.

...junto-me à grande causa 2009 do Daniel. Junte-se e reflicta o senhor leitor também.

 

 

publicado pela batukada às 11:24
link do post | comentar | ver comentários (6)

A última composição que escrevi em 2008

.

A vida é uma merda

.

Era uma vez uma vida que era a vida de nós todos. Todos os dias a vida se levantava e arranjava maneira de nos fazer pensar na merda que realmente ela era. Mas um dia chegou o verão de São Martinho, e, então, as nojentas gaivotas apanhadoras de taínhas se transformaram em flamingos saltitantes, comedores de ananases e tâmaras envoltas em bacon. E aí pensámos: céus, ainda é mais merdosa do que realmente pensávamos. Entretanto, em determinada tarde, a vida decidiu retirar-se. E acabou aí a nossa repugnância e encontrámos a paz.

 

 

–––––––––––––––

 

 

*...eu sei, eu sei...*

publicado pela batukada às 10:25
link do post | comentar | ver comentários (2)
Terça-feira, 13 de Janeiro de 2009

Yah, eu chamo-me Rodrigo Leal e quero jantar com a PJ Harvey

.

 

Estas betinhas de Leiria que têm músicas números um chamadas "To Start", please... To start my ass, filha.  E no final? Temos o quê? "Ending"? Jantas com o Jack White em 2009, jantas... Come o teu amiguinho imaginário e deixa os outros em paz, pá.

publicado pela batukada às 20:02
link do post | comentar | ver comentários (1)

Dois mil e oito, do ponto de vista musical...

... porque a vida não pode continuar sem que estes dados fiquem registados. Então, em forma de lista, como o maradona:

 

– Músicas que mais me marcaram: Shine on You Crazy Diamond, dos Pink Floyd,  The Dance, cantada pelo Renato Russo, e Nobody Does it Better.

 

– Música que mais gostei de ouvir: With Strangers, dos Little Joy.

 

– Concerto a que mais gostei de assistir: Marcelo Camelo, no Tivoli.

 

Álbum que mais ouvi: In the Heart of the Moon, do Ali Farka Touré e do Toumani Diabaté.

 

Música que mais gostei de ouvir no Incógnito, em 2008 e sempre: There is a light that never goes out.

 

Música que mais ouvi no Incógnito: Kids, dos MGMT.

 

Número de vezes que fui ao incógnito: ... men...

 

Artista que sempre que tocou no meu iPod eu passei para a frente: Patti Smith.

 

Música que mais ouvi, em geral: Intuition, da Feist.

 

Melhor coisa que fiz: voltar a ouvir Soundgarden. Superunknown forever!

 

 

publicado pela batukada às 11:00
link do post | comentar | ver comentários (2)

Resolução imediata para 2009

.

Retirar a Patti Smith do iPod.

publicado pela batukada às 10:58
link do post | comentar
Sexta-feira, 9 de Janeiro de 2009

A corrente de ano novo

.

A Sam passou-me uma grande cena espectacular de cadeia. Obrigada, a sério. Começo pela foto:

 

Photobucket

 

Esta foto chama-se My Own Private Pulitzer e foi tirada pelo meu ma... rido. Retrata o momento em que vi pela primeira vez o meu sobrinho mais novo, recém-nascido. Abraçado a mim está o mais velho. Estamos num exercício de contemplação do bebé. Fixe!

 

Ora então, escolho um cantor e compositor e também homem com quem, dos 17 aos 23 anos, pensei que iria certamente casar: Beck (I will always love you, honey, no matter what). Eis então as respostas com títulos das canções do meu ex-futuro marido:

 

1) És homem ou mulher? Girl

2) Descreve-te: E-Pro

3) O que as pessoas acham de ti? Where It's At?

4) Como descreves o teu último relacionamento? Nobody's Fault but My Own

5) Descreve o estado actual da tua relação: Peaches and Cream

6) Onde querias estar agora? Truckdriving Neighbours Downstairs

7) O que pensas a respeito do amor? Debra

8) Como é a tua vida? Tropicalia

9) O que pedirias se pudesses ter só um desejo? Sing It Again

10) Escreve uma frase sábia: MTV Makes Me Want to Smoke Crack

 

Passo esta corrente à Helena, ao meu Caracol Perfumado (só mais este, plise...), ao meu Saavedra, à Fafá, à Sara, à Miss Oaktree, ao Kraak, à Andreia, ao Mr. S e ao meu lindo dijay, o Puto

 

Um grande beijão a todos, pá! E volta em 2009, Tame the Kant (desculpem, não resisti)!

publicado pela batukada às 12:11
link do post | comentar | ver comentários (5)
Quarta-feira, 7 de Janeiro de 2009

Resoluções para 2009

 

.

Basta-me o meu amor, o rock, a mim (obrigada, Fá) e os meus amigos (por ordem aleatória).

 

(pensei melhor)

publicado pela batukada às 14:58
link do post | comentar | ver comentários (1)

E-mail

batukada_ms@hotmail.com

Gira-discos 'sebem

Aprecie o silêncio

Arquivos

Maio 2012

Janeiro 2012

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Maio 2010

Abril 2010

Novembro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

blogs SAPO