Quinta-feira, 27 de Setembro de 2007

Fabuloso passatempo de Verão b-site/melofobia - Ganhei!

.
Ganhei! Iupi!

Quero agradecer, em primeiro lugar, à academia bondesca, nas pessoas de Daniel e Sérgio. Snifs, meus queridos, sem vocês nada disto seria possível! Sempre vos disse que seria eu a vencedora, muito obrigada pela amabilidade que tiveram em confirmar esta minha certeza. Quero, em segundo lugar, agradecer aos meus pais: sem eles, também nada disto era possível, no fundo. Quero também agradecer aos restantes concorrentes as péssimas escolhas que fizeram (à excepção do concorrente "caixedré", que fez uma óptima escolha); sem estes também nada disto seria possível! Quero igualmente agradecer ao Reiki, que me alinhou os chacras. Uihiu! Por último, aproveito para relatar aqui a primeira vez que ouvi ao vivo o Thursday (a música bondesca vencedora), que teve lugar no primeiro festival Super Bock Super Rock: estava eu com a minha postura sebem (que assumo em quaisquer ambientes), no meio da plateia, quando, aos primeiros acordes desta música, se me salta para cima uma cambada de histriónicos ao pontapé. Ia morrendo, juro. Ainda assim, e resumindo, o Thursday continuou - e continua - a ser a minha música preferida dos Morphine. Boa para todas as ocasiões, sempre, sem excepção, até mesmo para um filme do agente secreto 007 (que, se me permitem, me entedia até mais não). Falta-me acrescentar que este foi, sem dúvida, o melhor concurso do ano. Muitos parabéns aos organizadores!
publicado pela batukada às 19:26
link do post | comentar
Quarta-feira, 26 de Setembro de 2007

My body is a cage III

.
Agora com datas é que vai ser postar.
publicado pela batukada às 11:36
link do post | comentar

My body is a cage II

.
publicado pela batukada às 11:31
link do post | comentar

My body is a cage

.
that keeps me
From dancing with the one I love
But my mind holds the key

My body is a cage that keeps me
From dancing with the one I love
But my mind holds the key

I'm standing on a stage
Of fear and self-doubt
It's a hollow play
But they'll clap anyway

My body is a cage that keeps me
From dancing with the one I love
But my mind holds the key

You're standing next to me
My mind holds the key

I'm living in an age
That calls darkness light
Though my language is dead
Still the shapes fill my head

I'm living in an age
Whose name I don't know
Though the fear keeps me moving
Still my heart beats so slow

My body is a cage that keeps me
From dancing with the one I love
But my mind holds the key

You're standing next to me
My mind holds the key
My body is a...

My body is a cage
We take what we're given
Just because you've forgotten
That don't mean you're forgiven

I'm living in an age
That screams my name at night
But when I get to the doorway
There's no one in sight

My body is a cage that keeps me
From dancing with the one I love
But my mind holds the key

You're standing next to me
My mind holds the key

Set my spirit free
Set my spirit free
Set my body free
publicado pela batukada às 11:16
link do post | comentar
Quarta-feira, 5 de Setembro de 2007

A montanha mágica

.
Convivemos cá em casa com uma roldana de estore partida, há seguramente mais de dois meses. Trata-se da roldana que acciona o estore da porta da cozinha, porta da cozinha esta que nos dá um dos acessos à varanda. Desde então, vemos os nossos movimentos serem, por um lado, diariamente constrangidos, dado termos um estore a atravancar-nos o caminho, e, por outro lado, diariamente ampliados, já que temos de ir à volta, pela sala, ou mesmo arranjar um mecanismo de substituição à roldana, para chegar à varanda. Eu, por minha parte e porém, sinto-me, desde então, no pleno direito de não tratar de arranjar a roldana, ainda que a sua inutilização me perturbe e ainda que, ultimamente, seja a última a sair de casa, a primeira a chegar a casa e a que provavelmente mais perto trabalha de sítios onde se vendem roldanas para estores em geral: isto é uma tarefa para o homem, baby, por favor. O homem cá de casa (o meu, portanto), por sua vez, atenua o peso da sua responsabilidade no efeito apaziguador que confia existir na premissa “tenho de ir comprar a roldana”, e lá vai adiando a tarefa de ir efectivamente comprar a roldana. Vivemos, há mais dos referidos dois meses, nesta espécie de moínha diária ecoterrorista por causa de uma… roldana. Rol-da-na. Vivemos sobretudo na esperança de que o tempo não exista. Bom, não é bem isso. Vivemos na esperança, esta sim, de que o tempo perceba que nós vamos mudar, que nos absolva destes dois meses de inércia e se nos autodevolva, assim que vier a nova roldana. Só isto. Amén.
publicado pela batukada às 10:00
link do post | comentar
Segunda-feira, 3 de Setembro de 2007

...

.


publicado pela batukada às 10:28
link do post | comentar

Setembro

.
Estive de férias, as primeiras férias que tive desde há dois anos e meio para cá. De tão contente pelo sucedido, estive capaz de, em nove dias úteis, fazer o seguinte: apanhar o avião até Nápoles e fixar-me em Sorrento. Estive ainda capaz de percorrer, neste país, cerca de 900 km, alugar um carro por não mais de 200 euros e gastar cerca de 130 euros em portagens e gasolina. Visitar Capri, Amalfi, a Sicília e até mesmo Roma, porque não. Não incidiria muito em Roma, focar-me-ia na Sicília, alto lá.

Contudo, fiquei-me por cá.
E curti à mesma.
publicado pela batukada às 09:00
link do post | comentar

E-mail

batukada_ms@hotmail.com

Gira-discos 'sebem

Aprecie o silêncio

Arquivos

Maio 2012

Janeiro 2012

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Maio 2010

Abril 2010

Novembro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

blogs SAPO