Terça-feira, 30 de Agosto de 2005

Maternização

O Tomás nasceu com 3,075 kg e pernas arqueadas?

Alright!
publicado pela batukada às 14:20
link do post | comentar

Linquenização

A Ana Albergaria a escrever n'O Acidental e os Queens of the Stone Age a bombarem no Macguffin?

Alright!
publicado pela batukada às 12:43
link do post | comentar
Segunda-feira, 29 de Agosto de 2005

Zé Milho

Querida Vi!!! Opá, vade retro: aquela sonsa da Inês, um metro e meio que ali anda a cirandar, papa-os a todos, impressionante. Não, havias de ver. Até o Zé Milho anda de beiças descaídas por ela, que raiva! Para não falar da cabra da Carlota: nem a diabetes lhe acalma o veneno. A ter cor, o veneno que anda sempre a sair da boca desta falsa magra seria arroxeado, tendo por cor base o azul-petróleo. Coitado do Zulo... apaixonar-se logo por ela... E a rastafari loira que anda sempre a mandar-se para os braços do dentola-torta do Fred? Não, não pode sair impune, a dissimulada. Ah, claro, a insuportável da Maria e os pais-fantoche da Dadá, claro. A vaca da Magda que não há meio de dizer ao palhaço do Crómio que o filho não é dele mas do Henrique, que por sua vez já papou a Carlota e a Inês? O nojo absoluto, escuta o que eu te digo, querida. De resto, cá vou andando, pronta para outra.

Pelo sim, pelo não, muito obrigada, queridas férias.


PS: JAN-TA-RA-DA! JAN-TA-RA-DA! JAN-TA-RA-DA! JAN-TA-RA-DA!
publicado pela batukada às 14:32
link do post | comentar

Sweet child of mine



Houve um álbum do Beck pelo que estupidamente passei por cima, influenciada por comentários que me levariam à crença de que o Beck, o meu querido Beck, estaria a dar início, neste mesmo álbum, a um declínio musical na sua vida, sem qualquer retorno. “Bah, que seca”, “Lambeta”, “Não há pachorra!” e mais um rol inanarrável de considerações nervosinhas ouvidas mantiveram-me em otocoma profundo durante uns bons tempos.

Ora, graças às minhas queridas férias, foi-me permitida a felicidade de pôr algumas leituras em dia. Graças, por sua vez, a essas leituras, tive a oportunidade de adquirir conhecimentos vários, como por exemplo: o de que a ex-cantora Victoria Beckham (in all her glory) se ter andado a passear pela Sardenha no iate do pirosão do Cavalli, enquanto o desgraçado do marido ganhava o sustento em campo; o de que o bebé Santiago, rebento de Fernanda Serrano e de Pedro Miguel Ramos, já come sopas; bem como o de que, afinal, Sea Change, fruto da dolorosa ruptura de Beck com a namorada de longa data, seria das melhores compilações de melancolias avulsas que se pode ter em casa. Assim que cheguei à civilização, fui atestar o que havia lido. Atestado: nada como uma boa dose de dor de amor para aconchegar o espírito. O espírito dos bem-amados.

Sea Change é tão bom, tão bom, tão bom, que me apetece ir comprá-lo outra vez. Muito obrigada, queridas férias.
publicado pela batukada às 13:26
link do post | comentar
Domingo, 28 de Agosto de 2005

Portanto, jantaradas, festas e afins

é agora, enquanto não consigo passar por onde quer que seja sem que me chamem de tição.
publicado pela batukada às 23:46
link do post | comentar

Disoderme

No dia em que, feitas as contas, descobri a data em que os Guns n’ Roses deixaram de ser aplaudidos e em que o Vítor Norte passou de mau a péssimo actor, descubro, igualmente, e graças à M., aquele que me levaria a sair vitoriosa de uma portentosa escalda. Estou dourada e muito contente com o mundo em geral. Muito obrigada, queridas férias.
publicado pela batukada às 23:40
link do post | comentar

Je rentre à la maison

.
publicado pela batukada às 23:39
link do post | comentar
Segunda-feira, 8 de Agosto de 2005

Deixar-te-ei morrer, Sudoeste

Enquanto não voltarem a repor o Avestruguer no cardápio da restauração do Festival do Sudoeste e enquanto continuarem a bater na tecla Ben Harper and The Innocent Criminals, não retirarei a minha carta de demissão da mesa dos responsáveis por esta contumélia. Oito anos de presença quase-assídua assim o exigem. Muito obrigada.

Back to the vacaciones.
publicado pela batukada às 10:52
link do post | comentar
Sexta-feira, 5 de Agosto de 2005

O malandrão deste blogue - safado, pá - foi de férias e nem avisou

Mas bem se lixa que agora quem vai de férias sou eu. Agora é que eu quero ver como é que ele se safa, o malandro. Vai-se embora e não avisa, o desgraçado.

Mas deixa lá que depois é ver-me chegar castanha-doirada, e o gajo no mesmo tom lixívia-enxabido, a ver se gosta. Era o eras...

E tenho o descaramento de dizer mais:

Image hosted by Photobucket.com

Desgraçado...
publicado pela batukada às 15:20
link do post | comentar

E-mail

batukada_ms@hotmail.com

Gira-discos 'sebem

Aprecie o silêncio

Arquivos

Maio 2012

Janeiro 2012

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Maio 2010

Abril 2010

Novembro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

blogs SAPO